OS BENEFÍCIOS DO YAKULT






Não sou muito de tomar remédio, mas as vezes é inevitável!

Sempre que preciso realizar algum tratamento mais sério utilizando antibióticos fico super preocupada, porque sei que o uso desses remédios pode causar um desiquilíbrio no organismo.

É nesse momento que costumo recorrer aos probióticos, alimentos considerados funcionais, os quais possuem microorganismos, que quando ingeridos beneficiam nossa saúde.

Nem sempre as bactérias presentes no nosso corpo são sinal de doença, muito pelo contrário, precisamos das bactérias para que nosso organismo funcione corretamente, como é o caso do intestino.

Quem nunca ouviu falar da "flora intestinal"? A "flora intestinal" nada mais é do que bactérias que podem ter seu número reduzido após uso de antibiótico, o que pode facilitar a ação de microorganismos nocivos - prejudicando nosso organismo.

A boa notícia é que as bactérias do gênero "lactobacillus" presentes na "flora intestinal" podem ser ingeridas e chegar vivas ao intestino, passando facilmente pelo estômago, o qual possui um ambiente ácido onde a maioria dos microorganismo não sobrevive.

Após instaladas no intestino a reprodução ocorre rapidamente, propiciando a criação de outras bactérias benignas, além de criarem um muco que protege as vilosidades (pequenas dobraduras) intestinais e sintetizam parte das vitaminas B necessárias no nosso dia a dia.

Os lactobacilos podem ser encontrados no leite que acabou de sair da vaca, porém não estão presentes no leite pasteurizados, apenas os iogurtes e os alimentos probióticos possuem lactobacilos vivos.

“A vantagem dos probióticos é que eles usam organismos geneticamente selecionados, que comprovadamente chegam vivos ao intestino em quase 100%, enquanto os lactobacilos do iogurte sobrevivem em escala bem menor”, diz a farmacêutica e bioquímica Yasumi Kimura, da Yakult, fabricante do probiótico mais vendido no Brasil.

O Yakult utiliza o lactobacillus casei shirota, variedade desenvolvida há mais de 60 anos pelo criador da empresa - o médico e microbiologista japonês Minoru Shirota.

Essa é minha dica para quem precisa passar por algum tratamento mais sério e quer ajudar o organismo se recuperar.

É importante lembrar, que o organismo vai se recuperar sozinho, porém como sei que minha imunidade é super baixa - faço o possível para ajudar a acelerar na recuperação.

[Crédito Texto: Super Interessante]
https://www.facebook.com/vivercommaissaude